Dúvidas Frequentes


DÚVIDAS SOBRE COMO PARTICIPAR DO PROGRAMA

Casais heterossexuais, homo afetivos ou solteiros, com renda familiar mensal de até três salários-mínimos.

Não, não existe limite de idade para a inscrição.

Sim, pode se inscrever caso a renda de sua família ultrapasse um pouco o valor de até três salários-mínimos ao mês.

No caso de desempregado pode ser enviada uma cópia do último extrato do banco.

Verificar se as datas e números de documentos estão sendo corretamente informados, pois dados incorretos são os motivos mais comuns de complicações durante o preenchimento da ficha.

SOMENTE os casais selecionados tem que encaminhar os comprovantes por e-mail e quando solicitado.

No caso de não obter e-mail e ou telefone, poderão preencher esses campos com dados de alguém confiável sendo de responsabilidade dos inscritos todos os dados fornecidos.

Não, Todos os campos da ficha de inscrição são OBRIGATÓRIOS não podendo ser concluída sem todas as informações devidamente preenchidas.

Ainda não. Após preenchimento da ficha, o inscrito estará participando do PROCESSO DE SELEÇÃO. Aqueles que forem selecionados só farão o tratamento após análise dos exames solicitados pelos médicos.

A renda mensal de até três salários-mínimos que consideramos para a seleção dos casais é o valor bruto, ou seja, o que está no seu registro de trabalho.

No caso de dona de casa pode ser enviada uma cópia do último extrato do banco.

Se a renda da sua família está acima três salários-mínimoss ao mês, é mais difícil de ser selecionado, pois a prioridade é para famílias dentro do estabelecido. Mas, havendo vagas, chamamos casais com renda superior.

Para participar do programa de tratamento gratuito basta se inscrever através de nosso site www.sapientiae.org.br e acompanhar o e-mail informado na ficha de inscrição, pois é onde será feito o primeiro contato com os inscritos pré-selecionados. Caso os senhores sejam selecionados será notificado. Somente aqueles que receberem a confirmação de pré-seleção, devem entrar em contato com o instituto para que seja agendada a primeira entrevista e encaminhar por e-mail os comprovantes de renda

Este comprovante de renda do casal pode ser uma cópia simples (não autenticada) do holerite ou cópia simples da carteira de trabalho (folha com a foto e folha do registro atual).

No caso de autônomo, pode ser enviado documento do contador de sua empresa ou cópia do último extrato do banco.

A inscrição é feita a partir do preenchimento de uma ficha diretamente no nosso site, de Outubro a Janeiro anualmente.

Neste caso específico, aceitamos como comprovante de renda uma cópia do último extrato do banco.

A seleção acontece todos os anos, de Março a Novembro. Se for selecionado será informado via e-mail, portanto acompanhe-o frequentemente.

Não, o Programa de Tratamento Gratuito seleciona os inscritos que estejam dentro de critérios médicos confidenciais determinados pela equipe médica.

Não, o programa de Tratamento Gratuito não tem fila de espera. Se não for selecionado para o ano de inscrição até o mês de Novembro, pode ser efetuada uma nova para o ano seguinte.

Sim, uma vez que a seleção não é por ordem de inscrição e sim pelos requisitos médicos confidenciais, determinados pela equipe médica até mesmo o casal que se inscrever no último dia pode ser selecionado.

Os critérios de seleção médicas são confidenciais e determinados exclusivamente pela equipe médica.

Sim, atendemos casais homoafetivos masculinos e femininos. Sendo selecionados, a equipe médica irá tirar todas as suas dúvidas.

Sim, atendemos mulheres solteiras. Neste caso, utilizamos sêmen de doador. Contudo, há um custo para utilização do sêmen de doador. Sendo selecionada, isso será explicado no momento da consulta.